30.8.09

soma

insatisfeito
de tanto ouvir a voz
sentiu seu corpo flutuar
quebrar o silêncio
é fácil pra quem tem
sede de ir a algum lugar

tempos modernos
e distantes
o teu olhar me deixa
feliz e impaciente
queria ter a sua ausência
e intuição
para saber ao certo
a saída dessa equação

que disfarce
trocou vestido por um vinho
me tirou os pés

queria ser a sua ausência
e intuição
ficar bem próximo a ela...

phc
27ago09

Um comentário:

Reinaldo C. Zanardi disse...

Ausência e presença.
Tão longe.
Tão perto.
E a vida segue.
Ritmo, podemos definir.

Parabéns pelo blog.